domingo, 3 de maio de 2015

Professor dá aulas em terminais de ônibus e melhora rendimento escolar

Série de reportagens "Mestres da Criatividade", publicada pelo Diario, destaca boas práticas pedagógicas de educadores da rede pública



Professor leva alunos para espaços públicos, como terminais de ônibus, para que eles consigam "viajar na leitura"
A boa educação vai além dos muros da escola. Na rede municipal de São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife, um professor transformou a relação dos alunos com os livros levando-os para fora da unidade de ensino. Ednaldo Barros, 31 anos, transformou os estudantes em leitores vorazes indo com eles a igrejas, bibliotecas e até terminais de ônibus e metrô. O objetivo era mostrar locais públicos com espaços para leitura, já que não há bibliotecas municipais em São Lourenço da Mata.

O educador atua na rede de ensino há 5 anos e elaborou um projeto pedagógico, intitulado “Sou leitor do mundo, escritor da minha história”, onde leva os estudantes de 5º ano (antiga 4ª série) para “viajar” por meio da leitura. “Quando entrei na rede, percebi que muitos dos meus alunos, mesmo estando no último ano do ensino fundamental 1, não sabiam ler. A ideia de levá-los aos terminais é para dar a ideia de quem lê viaja”, explica o professor vencedor da segunda edição do prêmio Professor que Faz a Diferença, em 2012, entregue pela Prefeitura de São Lourenço da Mata aos profissionais do município.


Trabalhando com o projeto, o professor aproximou os alunos da comunidade e melhorou o rendimento deles. “Começar o ano letivo com 18 alunos sem saber ler e terminar com 15 deles lendo é a grande recompensa do trabalho”, destaca. “As histórias que o professor conta são muito interessantes. Agora, minha mãe lê para mim porque peço a ela. Antes isso não acontecia”, conta Rebeca Silva, 10 anos. “Leio e fico imaginando as cenas na minha cabeça, como se fosse um filme”, diz Cleiton Santos, 10.


O professor faz rifas na escola para, com o dinheiro arrecadado, comprar livros para os alunos. “Inicialmente, os alunos não têm hábistos de leitura. Depois, eles ficam encantados com as histórias. Isso muda até a relação deles até com a família, que passa ler também. Como parte do projeto, convido pais para lerem contos durante as aulas. O filho fica orgulhoso quando é o dia da mãe ou do pai e essa é uma forma de envolver toda a comunidade escolar”, revela o educador.

Dois homens são presos por repassar notas falsas de R$ 100,00




Dois homens foram presos em flangrante por tentarem repassar notas de R$ 100,00 falsas à comerciantes de 
Paulista, Região Metropolitana do Recife. São eles o pedreiro Rodrigo da Silva  Barros, 30 anos, e o ajudante de pedreiro Jonatas Henrique Ferreira da Silva, 27 anos. No momento da abordagem eles estavam no bairro de Pau Amarelo e possuiam o total de R$ 1.100,00 em notas falsas. 

A prisão ocorreu na tarde da última sexta-feira (1) pela Polícia Militar. Rodrigo da Silva afirmou ter comprado 15 notas falsas pelo preço de R$ 300,00 no dia 26 de abril em uma feira de troca em Paratibe, no mesmo município. Ambos confessaram ter usado R$ 200,00 para comprar uma corda de carangueijo e dois quilos de camarão. 

A pena para esse tipo de crime varia de 3 a 12 anos de reclusão, além de multa. Rodrigo e Jonatan foram encaminhados ao Centro de Triagem e Observação Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Eles permanecem à disposição da Justiça Federal. Rodrigo da Silva tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e formação de quadrilha e pelo homicídio da esposa e da filha dela, ainda quando adolescente. Jonatas Henrique não possuía antecedentes criminais. 

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Mutirão atenderá pacientes em fila de espera na Fundação Altino Ventura

Mutirão atenderá pacientes em fila de espera na Fundação Altino Ventura

Ação acontecerá neste sábado e envolverá 15 oftalmologistas e outros 50 profissionais

Projeto ocorrerá todo mês em unidades da FAV
A Fundação Altino Ventura (FAV) promoverá, todo mês, um mutirão para atender cerca de 500 pessoas em um único dia. O objetivo é agilizar o atendimento e diminuir a fila de espera por consultas e exames. Uma das ações ocorrerá neste sábado (25), a partir das 6h, entre os pacientes já atendidos pela FAV.
Ao todo, 15 oftalmologistas e outros 50 profissionais estarão envolvidos no projeto, que ocupará sete consultórios da unidade 1, cinco da unidade 2 e mais três do Polo de Retina, localizado na Rua da Soledade, na Boa Vista. Serão priorizados os casos com maior demanda na instituição, como os de refração, pterígio e glaucoma, além de ambulatório geral.

Mulher é estuprada e morta em Caruaru

Mulher é estuprada e morta em Caruaru

Crime foi cometido a pauladas. Vítima não foi identificada no local do assassinato



Uma mulher foi assassinada a pauladas, na madrugada desta quarta-feira (29), em Caruaru, no Agreste do Estado. O corpo da vítima foi encontrado por moradores do bairro Boa Vista II por volta das 6h. Na genitália da vítima, foi encontrado sêmen, o que indica que também ocorreu o crime de estupro. A mulher estava sem short e sem calcinha.
A perícia feita pelo Instituto de Criminalística (IC) no corpo constatou uma perfuração nas costas e lesões provocadas por pedras e paus. A vítima não foi identificada no local. O cadáver foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do município. Ainda não há pistas do autor do crime.

Em assembleia, professores da rede estadual de ensino decidem manter greve

Manifestantes passaram por várias vias, como a Conde da Boa Vista, até chegarem à avenida Guararapes
Em assembleia realizada na tarde desta quinta (30), os professores da rede estadual de ensino decidiram manter a greve deflagrada no último dia 10. Conforme a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), não houve nenhum fato novo, relativo a negociações com o Governo do Estado, para que a paralisação fosse encerrada. A reunião ocorreu em frente ao prédio da Assembleia Legislativa (Alepe), no bairro da Boa Vista, na área central da Cidade.

Por conta da presença da categoria e de estudantes, que expuseram cartazes em apoio aos docentes, a rua da Aurora ficou interditada. Em seguida, o grupo partiu em passeata, passando pela rua do Hospício e pela avenida Conde da Boa Vista. Antes, o grupo se uniu aos professores da rede municipal de ensino do Recife em frente à sede da Câmara dos Vereadores, no mesmo bairro.
O ato fez parte das atividades do Dia de Paralisação em Defesa da Educação Pública e ao Dia do Trabalho, que tem manifestações em todo o País. A caminhada foi acompanhada por policiais militares e por agentes da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU). Às 17h, os participantes chegaram à avenida Guararapes, onde encerraram a passeata.
Os docentes são contra o reajuste salarial de 13,01% apenas para os professores com nível médio, o que corresponde a 10% da classe. A matéria foi enviada pelo Executivo e aprovada pela Alepe no último dia 31. A categoria cobra o cumprimento da Lei do Piso Salarial (11.738/2008), que garante o aumento a todos os professores. Nesta sexta (1º), às 15h, os grevistas terão uma nova reunião com a Secretaria de Administração (SAD). Já na segunda-feira (4), haverá uma nova assembleia da classe. 

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Petistas criticam ausência de pronunciamento de Dilma no Dia do Trabalho

Desde que assumiu a presidência, Dilma nunca deixou de ir à tevê em períodos próximos à data para fazer anúncios e exaltar a situação do país

Apesar de unânime entre os ministros do conselho político, a decisão de evitar um pronunciamento da presidente Dilma Rousseff em cadeia de nacional de rádio e televisão pelo Dia do Trabalho desagradou à base da partido. Militantes da legenda reclamaram que a medida rompe uma tradição do PT como representante dos trabalhadores. Desde que assumiu a presidência, Dilma nunca deixou de ir à tevê em períodos próximos à data para fazer anúncios e exaltar a situação do país. Desta vez, de diferente em relação aos anos anteriores, estão a ausência de notícias positivas para a classe e a iminência de protestos diante da mera aparição da presidente. O desafio, portanto, é justamente definir o que dizer aos trabalhadores, mesmo que por meio de redes sociais.

O governo nega ter suspendido o pronunciamento na televisão para evitar possíveis manifestações, como as que ocorreram no primeiro discurso da presidente na televisão, em 8 de março, pelo Dia Internacional da Mulher. O objetivo, segundo o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, é priorizar as redes sociais nesta data. A estratégia foi defendida pela própria presidente Dilma, que não queria ir à cadeia de rádio e tevê e foi referendada pelos 10 ministros que participaram da reunião de coordenação política na última segunda-feira, data do anúncio de que não haverá fala na tevê.

Manifestações
Nos bastidores, a avaliação é de que a decisão ocorreu, sim, para não atiçar o “leão”, que finalmente deu um descanso, já que os atos contra o governo neste mês tiveram menor adesão em relação a 15 de março, quando mais de 2 milhões de pessoas foram às ruas. O modelo de como será a mensagem de Dilma à nação por meio das redes não está definido. Mas devem ser usados vídeos e comentários em diversos canais. O maior desafio, entretanto, não é como falar à população, mas sim o que dizer a ela diante do cenário atual: de aumento do desemprego e de tramitação no Congresso Nacional de medidas que dificultam o acesso a benefícios trabalhistas e aumentam a possibilidade de terceirização — medidas criticadas por centrais sindicais. (JC e PTL)

Sem plano de mobilidade urbana, Recife ficará sem recursos para projetos

Deputada Priscila Krause (DEM) fez críticas ao prefeito do Recife, Geraldo Julio, que não concluiu plano no prazo estipulado pelo governo federal

Se encerra nesta quinta-feira (30) o prazo para que municípios brasileiros entreguem ao governo federal o Plano Diretor de Mobilidade Urbana (PDMU). Recife, que no ano passado foi apontada como a capital de pior trânsito do Brasil por uma pesquisa, será uma das cidades que não entregará o documento no prazo estabelecido pela Lei 12.587/2012. Com isso, não receberá novos recursos federais para projetos na área até que as exigências sejam cumpridas. Nesta quarta-feira, a deputada estadual Priscila Krause (DEM) foi à tribuna durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa e fez críticas diretas ao prefeito Geraldo Julio (PSB), que segundo ela se vangloria de tornar público que realiza uma gestão alicerçada pelo planejamento e monitoramento de suas ações.

Priscila, que durante o tempo em que foi vereadora do Recife sempre fez uma oposição bastante crítica ao governo do PSB, lembrou que algumas intervenções como a ampliação da Avenida Beira Rio e a implantação de corredor de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) na Avenida Norte, dois compromissos da administração socialista que dependem diretamente de recursos do Ministério das Cidades, dificilmente sairão do papel. "Onde está o monitoramento do prefeito que não apontou luz vermelha para a confecção do plano, um assunto tão importante? Nós somos, de acordo com pesquisa recente, a capital com mais trânsito do país, mas a cidade continua absolutamente defasada no que diz respeito ao seu planejamento urbano", salientou a parlamentar. A resolução, contudo, não interfere no repasse de recursos para contratos antigos.

No início do mês, o Diario publicou matéria sobre o tema. À época, a Secretaria Municipal de Planejamento informou que a construção do documento depende da entrega de uma pesquisa de origem/destino, que está sob a responsabilidade do Grande Recife Consórcio. “Em todo o país, tem sido apontada a necessidade deste estudo, com base em pesquisa domiciliar, em particular nas regiões metropolitanas”, justificou o órgão.

A pesquisa demanda abertura de licitação. “A previsão é de que a pesquisa só comece a ser realizada no segundo semestre deste ano, quando devem acontecer o lançamento do edital e a abertura da licitação para a escolha da empresa”, informou o Grande Recife no início do mês. O último trabalho feito nesse sentido foi realizado há 18 anos, pela extinta Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

A Secretaria de Planejamento também informou que houve um pedido ao Ministério das Cidades para prorrogação da entrega do plano. “Outros municípios que não conseguiram entregar o documento fizeram esse pedido. Aguardamos a sinalização do Ministério das Cidades quanto ao adiamento do prazo”, informou a pasta. Consultada novamente nesta quarta-feira, a secretaria informou que não houve mudanças no quadro, mas agregou que já trabalha com um prazo para conclusão do plano: o final do primeiro semestre de 2016.

Em 2011, ainda na gestão do ex-prefeito João da Costa (PT), foi apresentado um plano de mobilidade à Câmara de Vereadores, quando foi criada uma Comissão Especial de Mobilidade para promover audiências públicas e discutir os encaminhamentos. No primeiro semestre de 2013, o projeto foi retirado da casa para análise do prefeito Geraldo Julio (PSB), alegando que faltavam estudos técnicos que embasassem o plano. Um novo projeto seria elaborado pela atual gestão. Até agora, no entanto, o Recife segue sem definições das políticas públicas de mobilidade urbana.