terça-feira, 7 de junho de 2011

Gerente da Compesa orienta como evitar o desperdício de água em casa

Torneira pingando, chuveiro mal fechado, cano com vazamento, válvula de descarga desregulada: tudo isso provoca prejuízo no bolso e ainda prejudica, também, o meio ambiente. Por isso, é importante estar sempre alerta e ter alguns cuidados simples que podem evitar o desperdício de água.

O gerente de Meio Ambiente da Compesa, Eduardo Elvino, dá uma dica de como lavar a louça sem gastar tanta água. “É preciso ensaboar os pratos primeiro, para depois enxaguar de uma vez só. Não ficar abrindo e fechando a torneira”, diz.

Na hora do banho, a ideia é a mesma: “Quando estiver se ensaboando, fechar o chuveiro”. Segundo ele, a gente chega a gastar até 125 litros em um banho demorado. “Se você tem um banho de cinco minutos, é o suficiente para se higienizar. Mais do que isso, você vai gastar muita água.

Em Jurema, número de casos de dengue cresce 2.000% em relação a 2010

O município de Jurema, no Agreste, está em alerta por causa do aumento do número de casos de dengue. Até agora, foram notificados 226, dos quais 177 estão confirmados. Houve um acréscimo de mais de 2.000% no número em relação ao mesmo período do ano passado – quando 11 casos foram notificados e quatro confirmados.

A preocupação aumentou ainda mais quando, há menos de 15 dias, Aline da Silva , de 6 anos, morreu vítima de dengue. A mãe da criança lembra que desde os sintomas até a morte, se passaram apenas oito dias. “Quando foi com três dias, ela apresentou o corpo vermelho, começou a coçar o corpo, eu levei ela para o médico, ele pediu os exames e comprovou que era dengue”, diz a mãe da menina, Alzira Zulmira da Silva.
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o município ocupa o 5º lugar na lista das cidades com mais casos da doença em Pernambuco. A lista é encabeçada por Afogados da Ingazeira, Verdejante, Ingazeira e Solidão.

“A quantidade de focos encontrada intradomiciliar, talvez, de uma certa forma, pode ter colaborado, talvez por não ter dado uma atenção maior, e também houve uma acomodação maior da população, até por não ter tido nenhum surto epidêmico no município. Isso é uma realidade nova para eles, eu acredito que o que está acontecendo vai favorecer para que não acontecem outros surtos epidêmicos no município”, afirma a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mônica Borba.

Em duas semanas, Pernambuco entrega 554 armas

Duas semanas depois do início da campanha do desarmamento deste ano, a Polícia Federal (PF) em Pernambuco recebeu 554 armas, das quais 519 foram entregues voluntariamente no Recife, até essa sexta (3). Como incentivo, á pago um valor que varia de R$ 100 a R$ 300, dependendo do tipo e do calibre da arma. Esse foi o segundo balanço divulgado pela PF.

No Recife, já foram entregues 303 revólveres, 43 pistolas, 34 rifles, 79 espingardas, 39 garruchas, um fuzil, duas metralhadoras e 18 armas artesanais. Já no município de Caruaru, no Agreste do estado, foram entregues 35 armas, entre revólveres, pistolas, espingardas, garruchas e artesanais.

No ato da entrega da arma, é gerado um protocolo e um cadastro de uma senha numérica de quatro dígitos que será confeccionada apenas por quem estiver entregando a arma. Uma vez realizada, não há a possibilidade de recuperação da senha ou cadastrar uma nova no caso de esquecimento.

É a partir do protocolo e da senha que receberá a indenização, que estará disponível no dia seguinte após concluir o procedimento de entrega em qualquer terminal eletrônico do Banco do Brasil. Além das armas de fogo também serão recebidas munições, armas de brinquedo, simulacros, armas artesanais ou de fabricação caseira, porém sem o pagamento de indenização.

VALORES DAS INDENIZAÇÕES
Revólver:      
Calibres - 22,32,38 – R$ 100 (permitido)      
Calibres 357 – R$ 200 (proibido)
      
Pistola:      
Calibre - 380 – R$ 100 (permitido)      
Calibres 9mm,.40 – R$ 300 (proibido)   
  
Fuzis:      
Qualquer calibre R$ 300 (proibido)

Jovem é assassinado com 5 facadas dentro de um bar em Bonito

Um jovem foi assassinado na tarde deste sábado (4), em Alto Bonito, na cidade de Bonito, Agreste de Pernambuco.
De acordo com a Polícia Militar, Daniel da Silva, de 25 anos, estava bebendo com outro homem, ainda não identificado, que teria dado bebida alcoólica a vítima e em seguida teria assassinado o homem com cinco facadas. O homicídio aconteceu dentro do local onde os dois estavam bebendo.
Ainda segundo a PM, o acusado do crime está foragido.
O corpo da vítima foi levado para o IML de Caruaru, também no Agreste do Estado.

Polícia desativa fábrica de caça-níqueis e prende dois homens

A partir de uma denúncia anônima, policiais do 6º Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) desativaram uma fábrica de caça-níqueis no município de Feira Nova, no Agreste de Pernambuco. De acordo com as informações da PM, o local fornecia e oferecia manutenção das máquinas em várias cidades no interior do estado. Dois homens foram presos na ação e os policais ainda apreenderam vários equipamentos.

Os policiais receberam uma denúncia do funcionamento de um caça-níquel dentro de uma lan house na área central de Feira Nova. Após a apreensão da máquina, os policiais seguiram até a fábrica, que funcionava na garagem da casa de João José Alves, 57 anos. Ele e seu filho, Elder José Alves, 29, eram os responsáveis pela montagem das máquinas. Elder ainda distribuía o material ilegal e oferecia serviço de manutenção.

Além de Feira Novam, dupla fornecia caça-níqueis para as cidades de Limoeiro, Passira, Cumaru, Surubim, Carpina e Glória do Goitá.

Na casa de José Alves, a polícia apreendeu R$ 6.329 em espécie, R$ 183,05 em moedas, 1 pistola 380 com 11 munições, 1 espingarda calibre 32 com 24 cartuchos – sendo 17 deflagrados, 105 joysticks, 47 fontes de energia, 68 HDs, 8 monitores, 1 estabilizador, 10 coolers, 14 placas mães, 7 dispositivos para recolher cédulas e 10 máquinas prontas para entrega.

Ao todo, 10 policiais trabalharam na operação. Pai e filho foram encaminhados para a Delegacia de Feira Nova.

Celpe inicia campanha para promover troca de eletrodomésticos antigos por novos

Uma nova campanha da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) para promover a troca de equipamentos e eletrodomésticos antigos por novos e com o Selo Procel começou nesta segunda-feira (6). Por meio do Projeto Energia Verde, a concessionária está recebendo TVs, ar-condicionados, refrigeradores e freezers usados dos clientes e concedendo bônus para que possam adquirir outros novos e mais econômicos. O bônus varia de R$ 220 a R$ 500, dependendo do equipamento a ser trocado. Em contrapartida, o consumidor deverá fazer doações de até R$ 84 para o reflorestamento da Mata Atlântica.

Com a campanha, um cliente que possuir uma TV antiga de 21” vai entregá-la à companhia e ganhará um bônus de R$ 220 para adquirir uma nova, modelo LCD de até 26”. Para as TVs antigas a partir de 29”, a bonificação pode chegar a R$ 300 para a compra da LCD de 32” e R$ 420 para a aquisição de uma TV de 42”.

Para participar, o cliente precisa entregar o equipamento velho, possuir um consumo médio no último trimestre acima de 100kWh, estar com os pagamentos em dia com a concessionária e assinar o contrato se comprometendo a fazer a doação para o reflorestamento da Mata Atlântica.

O valor da doação pode ser dividido em 12 parcelas iguais descontadas diretamente na conta de energia. O montante arrecadado será repassado para a Associação para a Proteção da Mata Atlântica do Nordeste (Amane).

Caso o cliente não deseje realizar a compra nas lojas participantes, ele poderá optar por receber o bônus diretamente na conta de energia e adquirir o eletro-eletrônico em loja de sua preferência. Para isso basta ligar para a central de atendimento do projeto pelo (81) 3231 4678, agendar o recolhimento do equipamento antigo.

Pernambuco pode receber investimentos de R$ 5,3 bilhões

O conselho gestor das parcerias público-privadas (PPP) recebe nesta terça-feira (7) três propostas de manifestação de interesse (PMI) de investidores que pretendem instalar empreendimentos de grande porte em Pernambuco. Trata-se de uma plataforma multimodal logística em Salgueiro, no Sertão do Estado, um arco metropolitano de 98 quilômetros para ligar os municípios de Itamaracá, na Região Metropolitana Norte, a Ipojuca, na Sul, e um complexo industrial logístico composto por porto e aeroporto no Litoral Norte de Pernambuco. Caberá ao conselho autorizar que as empresas interessadas façam os estudos de viabilidade dos projetos que, se implantados, podem representar um investimento total de R$ 5,3 bilhões. O Estado decidirá se fará uma concessão total ou adotará um regime de PPP.
O conjunto de porto e aeroporto internacional de cargas e passageiros está sendo tratado pelos investidores como pe²-polo ecologístico. O interessados em construí-lo são a STR Projetos, empresa de petróleo e gás, e a Promon Engenharia, da área de portos e infraestrutura. A área ainda não foi definida. Sabe-se apenas que será no Litoral Norte e deve representar um investimento de R$ 3 bilhões.
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio, destacou que o possível novo porto não irá competir com Suape que, segundo ele, ainda tem condições de crescer. “É mais um polo de desenvolvimento no nosso Estado. Pretendemos fazer um desenvolvimento complementar”, explicou o secretário, garantindo que o Governo não irá impor restrições de produtos para cada um dos portos. O secretário de Governo, Maurício Rands afirmou que a intenção do governador Eduardo Campos (PSB) é descentralizar os investimentos em Pernambuco. “É objetivo estratégico do governo viabilizar iniciativas estruturadoras para todas as regiões do Estado. Em oito anos o Litoral Sul teve crescimento de 86%, enquanto o do Litoral Norte foi de menos de 23%”, destacou.