sábado, 28 de maio de 2011

Ministério Público empossa novos conselheiros tutelares em Bom Jardim

O promotor público do Bom Jardim, Quintino Geraldo Diniz de Melo, empossou os integrantes do Conselho Tutelar deste município, eleitos recentemente para o próximo triênio, em solenidade realizada na tarde desta sexta-feira (27) no plenário da Câmara Municipal. Dos cinco integrantes do Conselho Tutelar, quatro foram reempossados: Airton Barbosa,Ana Pessoa,Jonas Gomes e Cleyde Ivanir. O jovem Tony Barros é o estreante no colegiado. Os conselheiros, que atuarão durante três anos, foram selecionados através de votação, na qual participaram  populares e membros de entidades, e   trabalharão  na promoção, na defesa e no atendimento à criança e ao adolescente.

O termo de posse foi lido pelo presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), José Célio, que na oportunidade agradeceu a todos que contribuíram para a lisura do processo eleitoral dos cinco novos conselheiros. José Célio também  colocou o CMDCA à disposição dos que tomaram posse para a gestão 2010/2013.

Presente ao evento, o promotor de justiça Quintino Geral realçou o papel fundamental do Conselho Tutelar, que tem a obrigação de proteger, garantir direitos fundamentais e assegurar com o que é disposto na lei a formação íntegra da criança e do adolescente. “Não é uma postura muito fácil em certos casos, mas é a função dos conselheiros”, disse o representante do Ministério Público.O promotor mencionou que em determinadas situações a violência se faz presente, mas só vem à tona quando existe uma ação, através de políticas públicas, para combatê-la. Por isso é importante a administração municipal melhorar cada vez mais o atendimento à criança e ao adolescente.

A presidente da Câmara de Vereadores, Valéria Lira, deu as boas-vindas aos  conselheiros e destacou a contribuição que o Conselho Tutelar vem dando à sociedade bonjardinense, desde sua fundação. Dentre as presenças, destaques para os secretários municipais Elisângela Braz (finanças)e Célio Borges Filho (assistência social), professora Mariza Barbosa  e o bacharel em direito Lúcio Mário Cabral.

Fotos: Lúcio Mário Cabral

Escrito por Dimas Santos

Programação Junina de João Alfredo

Dia 10/06/2001 (sexta-feira)
Quadrilhas dos programas sociais do município
FORROZÃO FERRO NA BONECA

Dia 11/06/2011 (sábado)
FORRÓ ASSIS GUERRA
FORROZÃO TROPYCALIA

Dia 12/06/2001 (domingo)
PECINHO AMORIM
PETRÚCIO AMORIM

Dia 13/06/2001 (segunda)
FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS
* CAÇUÁ (João Alfredo)
* FLOR DO BAIRRO (Feira Nova)
* BOMJA’ART (Bom Jardim)
* ORO’ART (Orobó)

Dia 17/06/2011 (sexta-feira)
BANDA CAPITAL DO SOL
FORRÓ DELÍCIA MUSICAL

Dia 18/06/2011 (sábado)
FORROZÃO CHACAL
BANDA SAN RIAH (Valda Sedícias)

Dia 19/06/2011 (domingo)
BANDA AQUÁRIUS
BANDA PINGA FOGO

Dia 23/06/2011 (quinta-feira)
BANDA MOOTIFF
BANDA SAN RIAH (Valda Sedícias)

Dia 24/06/2011 (sexta-feira)
PAULINHO E FORRÓ PAULEIRA
BANDA SAHARA

Dia 25/06/2011 (sábado)
BANDA LUARÁ
NELSON DO ACORDEON

Dia 26/06/2011 (domingo)
FORRÓ NA MEDIDA (Benil)
FORRÓ SÓ ZOEIRA

Dia 27/06/2011 (segunda-feira)
ANJOS DO FORRÓ
KÁTIA RODRIGUES

Dia 28/06/2001 (terça-feira)
CRISTINA AMARAL
BANDA INSTINTO SELVAGEM
MAURINHO

Realização: PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO ALFREDO
Secretaria de Assistência Social
Boraver Produções

Chegada de Frei Damião ao Brasil completa 80 anos

Há exatos 80 anos, Frei Damião de Bozzano embarcava no Porto de Gênova, na Itália, com destino ao Brasil. A viagem, iniciada no dia 28 de maio, terminaria três semanas depois em Pernambuco. Em 17 de junho de 1931, o capuchinho desceu do navio Conte Rosso no Porto do Recife. Era o começo de uma história que durou até 1997, ano do falecimento do missionário, e que fez do frade um dos maiores confessores da Igreja Católica. Para contar essa trajetória, o Diario de Pernambuco publica neste domingo (29) o caderno especial Terra de Damiões. O caderno integra o projeto do jornal em realizar grandes reportagens e exigiu cerca de dois meses de pesquisas, entrevista e viagens.

A exemplo do capuchinho, a equipe do Diario embarcou numa grande viagem. Frei Damião percorreu 7 mil quilômetros na travessia do Oceano Atlântico. O repórter Jailson da Paz, a fotógrafa Alcione Ferreira e o motorista Gilson Bezerra andaram 3.352 quilômetros em Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará . Nesses estados, a equipe ouviu devotos, promesseiros, pesquisadores e críticos do frade em 17 cidades do Sertão ao Litoral. 

O lugar escolhido para começar a viagem pelo mundo do missionário foi Canafístula, em Palmeira dos Índios (Alagoas). Lá encontramos Damião Silva de Lima, 35. O agricultor havia perdido a visão de um dos olhos. E começou a revirar a concepção da reportagem proposta. “Fomos ao interior com uma ideia e voltamos, na primeira semana de viagem, com outra para a reportagem”, relembra Jailson.

A ideia inicial do caderno seria recontar a trajetória do frade a partir do mapa traçado por frei Otávio de Terrinca, superior do missionário. O mapa trazia a quantidade de pregações, casamentos, comunhões e crismas. “Mas de tantos Damiões e Damiana encontrados percebemos a existência de algo especial naquelas histórias”, revela Alcione. Havia. Todos os Damiões e Damianas tinham recebido o nome de batismo por devoção dos pais ao sacerdote. E seus relatos mostravam não só histórias de fé, sofrimento e superação, mas que se ligavam a aspectos importantes da vida do capuchinho, como o sacerdócio, a comparação com Padre Cícero e o embate contra o protestantismo. Por esses caminhos o Terra de Damiões, com 16 páginas, contará a história de Frei Damião.
Programação - Os 14 anos da morte de Frei Damião são celebrados pelo Convento de São Félix de Cantalice, no bairro do Pina, até a próxima terça-feira (31). Nos dias de evento, os romeiros participam de diversas atividades, como missas, vigílias, bençãos e procissão. Segundo o frei Abelardo José de Oliveira, guardião do convento e organizador da festa, a expectativa é de que 70 mil pessoas durante os dias de homenagem. O ponto alto será neste domingo (29) com a missa solene, que será celebrada pelo Arcebisbo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido.
Fonte: Diário de Pernambuco