sexta-feira, 20 de maio de 2011

Prefeito de Limoeiro fará anúncio oficial da programação do São João 2011 no dia 28 de maio

Pelo terceiro ano consecutivo, o município de Limoeiro será pólo junino do Estado de Pernambuco. Assim como nas edições anteriores, a expectativa é grande para a programação oficial. Hotéis, pousadas e restaurantes da cidade e da região já registram elevado número de reservas para o período do arrasta pé.

O anúncio oficial da programação do São João de Limoeiro 2011 será feito pelo prefeito Ricardo Teobaldo, no próximo dia 28, na capital pernambucana, com a participação de secretários, vereadores, empresários e a imprensa pernambucana.
Com a conquista do título de pólo junino, o “Forrozão da Princesa do Capibaribe” tem reunido um número maior de visitantes a cada ano. “Vamos reunir toda a imprensa do Estado para anunciar a programação oficial do nosso São João. Será uma das maiores festas da história de Limoeiro”, afirmou Ricardo Teobaldo, mostrando-se otimista com os bons resultados que a festa trará para cidade.

Divulgada oficialmente a programação do Forroboró 2011

Divulgada a programação e o cartaz oficial do Forroboró 2011, que terá inicio no dia 11 de Junho e se estenderá até o dia 28 do mesmo. Grandes atrações já estão confirmadas para o São João de Orobó que terá tudo para ser o melhor da Região. Muitas coisas boa estão por vim, Shows, Quadrilhas, Comidas Típicas, Fogueiras e Balões farão parte do Forroboró 2011, que tem como realização a Prefeitura Municipal de Orobó, Prefeito Manoel João e vice Dr. Reinaldo, e tem como organização o Departamento de Cultura e do Coordenador de Eventos Eraldo Albuquerque.

Participe!!! Venha festejar o São João no melhor arraiá junino da região.

Lançamento do São João de Caruaru é adiado

Segundo a prefeitura ajustes na grade de atrações ainda precisam ser feitos

Segundo a prefeitura ajustes na grade de atrações
ainda precisam ser feitos
A Prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, resolveu adiar a data de lançamento do São João 2011 da cidade. O anúncio estava marcado para o dia 17 de maio, agora a nova para lançamento é 23 de maio. O evento faz parte da programação dos 154 anos da cidade,comemorados no próximo dia 18.

O motivo da mudança segundo a prefeitura, é que ajustes finais na grade de atrações dos pólos de animação precisam ser feitos antes do anúncio da programação. O local do lançamento continua o mesmo, na casa de recepções Maria José I, às 19h.

O São João de Caruaru está previsto para começar no dia 4 até o dia 29 de junho.

Oswaldo Cruz fica alagado e doentes sofrem

Água invadiu setores do hospital universitário, Centro do Recife. Médicos e alunos afirmam que há risco de contaminação

Hospital alagado impossibilita passagem dos pacientes Marcio Bastos e Francisco Assis / Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Hospital alagado impossibilita passagem

 dos pacientes Marcio Bastos e Francisco Assis

As chuvas que caíram no Recife na quinta-feira (19) também causaram transtorno para médicos, pacientes e alunos do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, em Santo Amaro, Centro do Recife, vinculado à Universidade de Pernambuco (UPE). Na área que fica entre o diretório acadêmico de medicina, a lavanderia do hospital e o serviço de doenças infecciosas e parasitárias (DIP) um verdadeiro rio dificulta a passagem das pessoas, muitas delas idosas e crianças que buscam assistência médica.

De acordo com o presidente do Diretório Acadêmico de Medicina, Márcio Bastos, há muito tempo a situação é a mesma. "Sempre que chove um pouco mais alaga essa parte. É um absurdo isso acontecer em um local onde as pessoas procuram tratamento".

Segundo ele, a maior preocupação é a de contágio. "O tempo todo chegam pacientes com leptospirose, dengue e outras doenças. Ninguém sabe o que pode estar nessa água suja. Quando chega carro ou ambulância, então, forma-se uma onda que invade a lanchonete onde muitos alunos fazem as refeições".

Para o vice-presidente do DA, o estudante Francisco de Assis, uma fossa de esgoto aberta e o despejo de resíduos da lavanderia são outros fatores que aumentam os riscos de contaminação. "Roupas de cama de pacientes, trajes usados por médicos em cirurgias e outros materiais que podem transmitir doenças são lavados aqui, mas não existe muito cuidado com o despejo da água".

Os estudantes afirmaram já ter discutido o assunto com o vice-reitor, Rivaldo Albuquerque. "Ele disse que já tinham elaborado projeto para resolver esses alagamentos. Falou até que estaria orçado em R$ 2 milhões, mas não sabemos quando as obras serão feitas. Enquanto isso, nossa situação só tende a piorar", disse Bastos.

A assessoria de imprensa da UPE informou que a reitoria vai contratar uma empresa de engenharia para fazer levantamento dos problemas causados pelas chuvas e solucioná-los em breve. O prazo para a contratação da empresa e o início das obras não foram divulgados.

Pernambuco monta galpões infláveis gigantes para não atrasar obras de casas pós-enchentes

Três galpões infláveis móveis estão cobrindo, desde a semana passada, os canteiros de obras das novas casas das famílias atingidas pelas enchentes do rio Una de 2010 e 2011 em Barreiros (PE), a 108 km de Recife. O uso da nova tecnologia é para não atrapalhar o cronograma de construção e entrega das novas casas durante o período de chuvas. Blocos de concreto também estão sendo usados no lugar de tijolos para dar mais agilidade na construção dos novos conjuntos habitacionais de Barreiros.
Segundo a Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), Barreiros é o primeiro município beneficiado com os novos equipamentos por ter sido o mais devastado pelas cheias nos dois anos. A Cehab informou que os equipamentos foram locados por quatro meses (período que dura o inverno) e custou o total de R$ 960 mil.
Das três coberturas, duas são usadas para proteger a construção de moradias e medem 100m x 30m. O terceiro galpão dá suporte às obras de infraestrutura (rede de esgoto, abastecimento de água e pavimentação) e tem o tamanho de 280m x 20m. Embaixo das proteções é possível construir 20 casas ao mesmo tempo, com o trabalho de 300 pessoas em dois turnos de serviço.
"São necessários cinco dias de estiagem para iniciar ou continuar qualquer obra. Essas estruturas garantem não só a continuidade como também permitem a aceleração na conclusão dos trabalhos, além de proteger os equipamentos e os trabalhadores", disse o presidente da Cehab, Nilton Mota.
Para dar rapidez à construção dos imóveis estão sendo usados blocos de concreto com formas pré-moldadas, diferentemente da construção de alvenaria tradicional – que utiliza cimento e tijolos. O tempo de montagem e secagem dos pré-moldados é de 24 horas. Segundo a Cehab, o modelo agiliza os serviços e permite a construção de 120 casas por mês. Cada imóvel, seja de pré-moldados ou de alvenaria, sai no valor de R$ 41 mil.
Em Barreiros estão sendo construídos quatro conjuntos habitacionais, com o total de 2.450 casas. Em todo o Estado, segundo Cehab, estão sendo construídas 12 mil novas casas, que devem ser entregues até dezembro de 2012. Este mês serão entregues as primeiras 280 casas, sendo 148 na cidade de Barreiros e 132 em Palmares. Ao todo estão sendo investidos R$ 700 milhões nas obras.

Campanha de vacinação contra gripe em Pernambuco se aproxima da meta de 80%

A campanha de vacinação contra a gripe comum e a gripe H1N1 em Pernambuco, que termina na próxima sexta-feira (20), está próxima à meta de 80% estipulada pelo Ministério da Saúde. O prazo dado era a última sexta-feira (13), mas a Secretaria Estadual de Saúde (SES) decidiu prorrogar a fim de alcançar mais pessoas dentro dos perfis prioritários.

Até esta quinta-feira (19), de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde, foram imunizadas 941.550 pessoas, representando 68,35% dos 1,3 milhão que formam o público prioritário - idosos, índios, profissionais de saúde, gestantes e crianças de 6 meses a 2 anos de idade.

LEIA MAIS
» O que fazer se tiver reação

Das mais de 940 mil pessoas imunizadas, há 158.547 crianças, 84.888 profissionais de saúde, 73.038 gestantes, 29.775 índios e 595.302 idosos. A categoria que mais participou foi a de profissionais de saúde - 96,34% já receberam a dose. Menor participação tiveram os índios, com apenas 67,1% prevenidos contra os vírus.
Este ano, a campanha começou em 25 de abril em postos de saúde e hospitais públicos. A vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% da mortalidade global. A contra-indicação é para pessoas alérgicas a ovo, já que a dose contém albumina, também encontrada na clara.

Codecir registra 15 chamados no plantão da madrugada

Nos meses de junho, julho e agosto deve chover acima da média para o período, ultrapassando os 800 mm. Imagem: Marcelo Soares/Esp. para DP/D.A Press

A Coordenadoria de Defesa Civil do Recife (Codecir) registrou 15 chamados para a central 24 horas durante o plantão da madrugada. Das 19h da quinta-feira até as 7h desta sexta-feira foram três solicitações de lonas plásticas e 12 pedidos de vistorias técnicas.
A previsão é de que as chuvas podem continuar fortes no Litoral, Agreste e Zona da Mata do estado até o início da tarde de amanhã. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) faz o alerta, também, para o comportamento climático nos próximos três meses. Segundo o gerente de meteorologia e mudanças climáticas da Apac, Patrice Oliveira, o inverno deste ano será rigoroso. Nos meses de junho, julho e agosto deve chover acima da média para o período, ultrapassando os 800 mm. “Não descartamos a possibilidade de eventos extremos. Por isso, vamos reforçar o estado de alerta em parceria com a Codecipe”, declarou.

De acordo com a Apac, as previsões indicam que a tendência é de chuvas que vão variar de moderadas a fortes no Litoral, Mata e Agreste de Pernambuco até o fim de agosto. As temperaturas também devem cair em todo o estado, podendo ficar até dois graus abaixo da média. Patrice Oliveira explica que a probabilidade de ocorrerem chuvas muito fortes é de 45%. “O foco agora está no setor Leste do Nordeste, porque no Semiárido e no Sertão as chuvas já estão ficando esparsas. Nessa área, já sabemos que teremos um inverno rigoroso”, afirmou. Apesar do alerta, o especialista disse não ser possível prever se haverá uma chuva semelhante à ocorrida em junho do ano passado, que deixou milhares de desabrigados na Mata Sul do estado. “Não podemos dizer que vai chover mais que em 2010, mas que teremos um inverno acima da média. Também não prevemos chuvas torrenciais, como a de junho, mas estamos monitorando diariamente o tempo para dar o alerta se necessário.”

As conclusões foram tiradas da VI Reunião de Análise Climática realizada em Sergipe nos últimos dias 16 e 17. Na ocasião, foram analisadas as condições regionais do nível dos rios e o comportamento dos oceanos e da atmosfera e as influências disso no clima do Nordeste. Segundo o gerente da Apac, as chuvas acima da média nos próximos três meses podem ser justificadas pelo fato de o Oceano Atlântico estar mais aquecido na costa nordestina, o que favorece a evaporação e a consequente formação de nuvens sobre o mar. Essas nuvens chegariam ao continente transportadas pelos ventos vindos do Sudeste, que também sopram mais forte nesta época do ano. O resultado dessa combinação de fatores é a intensificação das chuvas no Litoral, Agreste e Zona da Mata de Pernambuco, além de outras áreas do Nordeste.

Pernambuco ganha Comitê pelo Desarmamento

Acontece nesta sexta-feira o lançamento do Comitê Pernambuco pelo Desarmamento, que será formado por representantes da sociedade civil organizada, trabalhadores da área de segurança e gestores públicos. A campanha tem como fundamento o Estatuto do Desarmamento, que controla o uso da arma de fogo no Brasil, e, conforme decreto assinado em outubro de 2010, pelo então ministro da justiça Luiz Paulo Barreto, o desarmamento deixa de ser política de Governo e passa a ser política de Estado. O evento acontecerá na Universidade Católica de Pernambuco, a partir das 9h.

No Recife, o primeiro posto de coleta de armas de fogo vai funcionar na Casa da Paz, no bairro do Espinheiro. Os proprietários poderão entregar voluntariamente as suas armas e receberão uma indenização que varia de R$ 100 a R$ 300, de acordo com o calibre. As armas serão inutilizadas através de uma prensa no local da coleta e destruídas posteriormente.

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Justiça, atualmente, circulam no Brasil 16 milhões de armas, sendo apenas dois milhões nas mãos das polícias e forças de segurança pública e 14 milhões nas mãos da sociedade. Números que atribuíram ao Brasil o título de país que mais mata com armas de fogo no mundo, segundo a ONU.

Mulher mais velha do mundo é brasileira

O livro dos recordes reconheceu que Maria Gomes Valentim, mais conhecida como Vó Quita, é a mulher mais velha do mundo. Ela tem 114 anos e mora em Carangola, Minas Gerais. Segundo o Guinness, Maria acredita que tenha alcançado a idade por conta de uma dieta saudável à base de drutas, linhaça e pão com café. Ela também disse que, de vez em quando, toma um copo de vinho.

Alerta de chuva volumosa no Nordeste do Brasil

Uma frente fria que avança em alto-mar, ao largo da costa leste do Nordeste, e áreas de instabilidade que chegam do oceano, um fenômeno conhecido como ondas de leste, normal entre os meses de abril e julho, vão provocar muita chuva entre esta quinta-feira e o sábado, dia 21 de maio, na faixa litorânea e na Zona da Mata dos estados de Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte. Os maiores volumes de chuva devem acontecer no leste pernambucano e paraibano.  A previsão para os próximos dias é de bastante chuva também na faixa entre o leste de Alagoas e o Recôncavo Baiano.

Chuvas em Bom Jardim

Na noite desta quinta-feira o rio Tracunhaém de Bom Jardim sobe novamente deixando a população do município alerta. Alguns moradores do comércio  passou a madrugada retirando mercadorias de lojas e supermercados para evitar novas perdas. Até o exato momento da postagem o rio ainda se concentrava uma grande quantidade de água deixando a população preocupada.

Cartão do SUS em Bom Jardim

Em nossa cidade há varias semana está sendo feito o cartão do SUS.
O cartão está sendo feito de Segunda à Sexta-feira das 06h00min ÀS 12h00min no Posto de Saúde do município, localizado na Praça 19 de Julho, em frente à Prefeitura Municipal. Mas infelizmente varias pessoas está indo embora insatisfeito com a má organização. Não existe distribuição de senhas, o atendimento preferencial muito mal elaborado, e as pessoas que ficam horas esperando não tem nenhuma garantia se vai ser atendido, pois só existe um único funcionário para atender dezenas de pessoas. Dessa maneira fica muito difícil de trabalhar e de deixar a população satisfeita. Segundo uma moradora de Gruta de Chuva, ela já tinha vindo pela terceira vez fazer o cartão e foi embora novamente sem atendimento, o fato ocorreu nesta última Terça-feira (17). e o caso continua do mesmo jeito sem nenhuma mudança.