terça-feira, 12 de julho de 2011

Governo anuncia Pacto pela Educação para o Estado

Eleição para diretores das escolas, reforço nas equipes pedagógicas e avaliações semestrais de português e matemática em todas as séries dos ensinos fundamental e médio. Essas são algumas das ações que o governo do Estado vai implantar no Pacto pela Educação, programa previsto para ser lançado até o início de agosto. O objetivo, conforme o governador Eduardo Campos, é melhorar a educação pública do Estado. Em 2007, Pernambuco ficou em penúltimo lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nas séries finais do ensino fundamental, com 2,9 pontos, ganhando no País apenas para Alagoas (2,7). A escala vai de 0 a 10. Dois anos depois, em 2009, o índice pernambucano subiu para 3,4, mas ainda continuou baixo.
"Nossa prioridade é a educação. Não é prioridade no discurso, mas no orçamento. Passamos de R$ 1,3 bilhão para R$ 2,9 bilhões por ano em investimentos na educação. Queremos que Pernambuco tenha os melhores indicadores educacionais do Brasil", ressaltou o governador, nesta segunda-feira (11), durante premiação dos municípios que tiveram as maiores notas no Índice de Desenvolvimento Educacional de Pernambuco (Idepe).
Lei mais na edição desta terça-feira (12) Jornal do Commercio