sexta-feira, 29 de julho de 2011

Boa notícia. Hospital Barão de Lucena vai ganhar 90 novos leitos

O Governo do Estado vai investir R$ 40 milhões para reformar e ampliar o Hospital Barão de Lucena (HBL). A boa notícia foi dada pelo governador Eduardo Campos nesta quinta-feira (28) durante a inauguração da nova enfermaria pediátrica da unidade, referência no atendimento de alta complexidade à crianças e gestantes. As obras fazem parte do Plano Diretor do HBL que prevê um conjunto de melhorias no hospital até 2013.

A reforma abrange uma área de 7,5 mil m2 , enquanto a ampliação da unidade será de 3,5 mil m2. Essa expansão possibilitará um aumento de quase 25% na oferta de leitos à população, passando dos 342 existentes hoje para 431 em 2013. “Além de fazer os novos hospitais e as UPAs, estamos cuidando dos antigos hospitais que prestam serviços tão relevantes à população. Também estamos construindo seis novas unidades hospitalares. Cinco delas vão substituir os hospitais que foram destruídos pelas enchentes na Mata Sul e outra vai ficar no Agreste”, destacou Eduardo Campos.

Até agora, como parte da requalificação do Barão de Lucena, foram inauguradas a enfermaria pediátrica, a UTI Neonatal-externa e o bloco cirúrgico. “O Governo do Estado tem um olhar permanente para esse hospital. Estamos com escalas recompostas, novos leitos e uma melhor assistência aos pacientes”, afirmou Cláudia Miranda, diretora do HBL.

O secretário estadual de Saúde, Antonio Carlos Figueira, destacou que Pernambuco é um dos estados que mais avança na descentralização da terapia intensiva. “Em 2007 eram apenas 228 leitos de UTI, hoje a rede estadual conta com 798 e até o final deste ano serão 935 leitos”, garantiu Antônio Carlos Figueira.O secretario de Saúde,

CRIANÇAS – O atendimento materno-infantil do HBL foi reforçado com a inauguração da nova enfermaria pediátrica da unidade, que ficou um ano em reforma. O investimento de cerca de R$ 1,4 milhão foi destinado à requalificação do espaço, que recebeu novos equipamentos como oxímetros e carros de parada cardíaca, além de uma decoração especial voltada para as crianças.

A nova enfermaria conta com 37 leitos que, pela primeira vez, estão divididos por faixa etária: pacientes recém-nascidos (6 leitos), até quatro anos (20 leitos), acima de cinco anos (6 leitos), e adolescentes (4 leitos). Também possui um leito de isolamento para atender pacientes de qualquer idade que tenham alguma doença contagiosa. Uma novidade do espaço são os leitos destinados aos adolescentes, que não podiam ser atendidos na antiga enfermaria. O espaço, inclusive, oferece mais privacidade uma vez que os meninos vão ficar em leitos diferentes das meninas.

A melhoria do atendimento aos adolescentes tranquilizou mães como a dona de casa Angela Maria da Silva, 31. Mãe de Juliano, de 12 anos, a dona de casa já estava preocupada em ter que procurar um novo hospital para levar o filho, que sofre de anemia falciforme e desde recém-nascido se trata no HBL. “Eu fico muito mais tranquila em saber que vou poder continuar trazendo ele pra cá porque aqui todo mundo já conhece o problema dele. Uma vez tive que levar ele para outro hospital e ele ficou pior”, explicou Angela.

Ao visitar o novo espaço, a dona de casa Lidiane Maria Machado, 21, que há 15 dias acompanha o filho Alisson, de apenas sete meses, estampou a aprovação do espaço no rosto com um largo sorriso. “Meu Deus! Ficou lindo”, repetia. “Está ótimo, bem mais confortável. Não tem nem comparação”, disse Lidiane ao comparar a nova enfermaria com o antigo espaço.

“Fiquei muito feliz de chegar aqui no Barão e encontrar essa enfermaria pediátrica cuidada com tanto carinho, tão bem feita para acolher essas crianças”, disse Eduardo, que aproveitou a ocasião para inaugurar também a sala de videoconferência do Hospital Barão de Lucena.