terça-feira, 7 de junho de 2011

Em Jurema, número de casos de dengue cresce 2.000% em relação a 2010

O município de Jurema, no Agreste, está em alerta por causa do aumento do número de casos de dengue. Até agora, foram notificados 226, dos quais 177 estão confirmados. Houve um acréscimo de mais de 2.000% no número em relação ao mesmo período do ano passado – quando 11 casos foram notificados e quatro confirmados.

A preocupação aumentou ainda mais quando, há menos de 15 dias, Aline da Silva , de 6 anos, morreu vítima de dengue. A mãe da criança lembra que desde os sintomas até a morte, se passaram apenas oito dias. “Quando foi com três dias, ela apresentou o corpo vermelho, começou a coçar o corpo, eu levei ela para o médico, ele pediu os exames e comprovou que era dengue”, diz a mãe da menina, Alzira Zulmira da Silva.
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o município ocupa o 5º lugar na lista das cidades com mais casos da doença em Pernambuco. A lista é encabeçada por Afogados da Ingazeira, Verdejante, Ingazeira e Solidão.

“A quantidade de focos encontrada intradomiciliar, talvez, de uma certa forma, pode ter colaborado, talvez por não ter dado uma atenção maior, e também houve uma acomodação maior da população, até por não ter tido nenhum surto epidêmico no município. Isso é uma realidade nova para eles, eu acredito que o que está acontecendo vai favorecer para que não acontecem outros surtos epidêmicos no município”, afirma a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mônica Borba.