domingo, 8 de maio de 2011

Sétimo Feirão Caixa Casa Própria: mais de 450 mil imóveis

Feirão Caixa Casa Própria – a Caixa Econômica Federal promove, entre os dias 13 de maio e 12 de junho, em treze cidades, a sétima edição do Feirão da Casa Própria. Considerado o maior evento do setor, o Feirão promete impulsionar o segmento habitacional, oferecendo mais de 450 mil imóveis, nas modalidades: novo, usado e na planta.
Segundo o presidente da CAIXA, Jorge Hereda, “no Feirão a compra do imóvel é facilitada pelo fato de o evento reunir, num único espaço, todos os agentes da cadeia da habitação, como construtoras, corretores, cartórios e técnicos da CAIXA, responsáveis por analisar e liberar os financiamentos, o que poupa tempo e dinheiro para o comprador”. Este ano, o evento contará com cerca de 700 construtoras, e mais de 500 imobiliárias.
São Paulo, Uberlândia, Curitiba, Fortaleza e Salvador recebem o Feirão de 13 a 15 de maio. Entre os dias 20 e 22 do mesmo mês chega a vez de seis cidades simultaneamente: Belo Horizonte, Campinas, Brasília, Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Em Belém, o evento acontecerá entre os dias 3 e 5 de junho e Florianópolis encerra o feirão de 10 a 12 de junho. Durante os eventos do ano passado, mais de 576 mil pessoas visitaram os Feirões, onde foram assinados e encaminhados 93 mil negócios, o equivalente a mais de R$ 8,4 bilhões.
No primeiro trimestre de 2011, a CAIXA assinou 226.381 contratos habitacionais, totalizando R$ 14,7 bilhões em financiamentos. Registrou uma média de R$ 236,6 milhões e 3.651 contratos de financiamento ao dia, sendo que 50% das famílias beneficiadas têm renda de até 10 salários mínimos. Para imóveis novos, foram destinados 56% de todo o montante contratado no período, o que corresponde a R$ 8,1 bilhões. Na nova versão do Programa Minha Casa Minha Vida já foram realizados aproximadamente R$ 4,6 bilhões em financiamentos, propiciando a construção de 64.422 novas unidades habitacionais, a maioria das moradias na faixa de renda de até 6 salários mínimos.
Condições
As linhas de financiamento para a casa própria da CAIXA atendem a todas as faixas de renda familiar, com prazo de pagamento de até 30 anos. Os juros podem variar de de 4,5% até 13,5% ao ano, mais TR, para todas as modalidades de financiamento. Os interessados na compra de uma moradia vão encontrar oportunidades de negócios com financiamento de até 100% do valor do imóvel.
Atendimento do Feirão CAIXA da Casa Própria
Para quem quer sair do Feirão com imóvel próprio, basta levar documentos como RG, CPF e comprovantes de renda (três últimos contracheques ou seis últimos extratos bancários, para o caso de renda informal).
Além dos Feirões, os interessados podem obter informações em todas as agências da CAIXA, pela Serviço de Atendimento ao Cliente do banco (0800-726-0101), disponível 24 horas por dia, nos 7 dias da semana. Para quem tem acesso à internet, nem precisa sair de casa, basta acessar o sítio www.feirao.caixa.gov.br.
Outra opção na internet é o simulador habitacional, que pode ser acessado no portal da instituição (www.caixa.gov.br). Na ferramenta, é possível calcular e visualizar vários cenários e valores, e ainda escolher a opção que mais se encaixa no rendimento familiar. No mês de março, o banco registrou 11,2 milhões de simulações de financiamentos habitacionais. Desde a sua criação, em 2008, o sítio já realizou mais de 411 milhões de simulações.
Feirão nas Redes Sociais
A sétima edição do Feirão CAIXA da Casa Própria contará com cobertura ao vivo pela internet. Os eventos contarão com informações transmitidas em tempo real via twitter, facebook e blog, por meio de posts em textos, fotos e vídeos.
No twitter, o internauta terá um panorama completo do evento antes mesmo de visitá-lo. Serão centenas de informações atualizadas minuto a minuto, como por exemplo: como chegar ao evento; a localização dos estandes; quantos negócios estão sendo fechados; e quantos visitantes já passaram por lá.
A cobertura no feirão tem o objetivo de facilitar a visita das pessoas e também de aproximá-las do imóvel próprio. Para deixar isso mais real e tangível, os porta-vozes serão os próprios visitantes que irão dividir experiências sobre o evento, contando, por exemplo, como fizeram para encontrar o imóvel ideal, como foi o processo de financiamento e, principalmente, como a história de cada visitante no Feirão pode se tornar a história de todo brasileiro.