quarta-feira, 25 de maio de 2011

''Não vamos entrar na euforia'', defende Zé Teodoro

Depois do 2x0 contra o Sport, o elenco tricolor começou com calma a semana de preparação para o último jogo do Campeonato. Fugindo da chuva, o grupo escolheu o Ademir Cunha, em Paulista, para realizar o treinamento. O péssimo estado do gramado, entretanto, não permitiu realização de trabalhos mais táticos e a equipe terminou por fazer apenas treino com bola. Gilberto e Weslley ficaram no Departamento Médico devido a dores musculares, mas nenhum dos dois preocupa a comissão técnica.

O clima leve do primeiro dia de treino desta semana, entretanto, não significa excesso de tranquilidade. Para Zé Teodoro, humildade, disciplina e aplicação ainda são fundamentais neste último confronto.  "A gente sabe que o 2X0 é  um resultado em que nada está definido, está em aberto. Mesmo jogando diante da nossa torcida, não vamos entrar na euforia. O grupo está blindado, os jogadores estão comprometidos", alerta Zé Teodoro.

Em entrevista coletiva nesta tarde, o treinador tricolor afirmou que nem a escalação nem a postura do time diante do adversário devem mudar muito, o que irá variar será a formação, de acordo com o que o Sport apresentar. A postura mais ofensiva, portanto, deverá ser mantida. "Não podemos mudar a maneira de jogar. Nós temos que jogar. Não vamos jogar para defender ou empata", afirmou o comandante do Santa Cruz.

Como reforço para a partida, o comandante coral afirmou que vai esperar até o último momento pela recuperação do lateral-direito Cléber Goiano, mas lembrou a volta de Natan e o fato de Thiago Cunha vir ganhando ritmo como pontos positivos. Ele aproveitar para citar que, apesar de vir mantendo regularidade nas escalações, os jogadores que estão no banco ainda estão sendo bem observados. "Ontem, em Carpina, eu obeservei o trabalho de alguns jogadores, fiz algumas experiências. Com Léo com Laécio, com Jackson", contou.