sexta-feira, 20 de maio de 2011

Pernambuco ganha Comitê pelo Desarmamento

Acontece nesta sexta-feira o lançamento do Comitê Pernambuco pelo Desarmamento, que será formado por representantes da sociedade civil organizada, trabalhadores da área de segurança e gestores públicos. A campanha tem como fundamento o Estatuto do Desarmamento, que controla o uso da arma de fogo no Brasil, e, conforme decreto assinado em outubro de 2010, pelo então ministro da justiça Luiz Paulo Barreto, o desarmamento deixa de ser política de Governo e passa a ser política de Estado. O evento acontecerá na Universidade Católica de Pernambuco, a partir das 9h.

No Recife, o primeiro posto de coleta de armas de fogo vai funcionar na Casa da Paz, no bairro do Espinheiro. Os proprietários poderão entregar voluntariamente as suas armas e receberão uma indenização que varia de R$ 100 a R$ 300, de acordo com o calibre. As armas serão inutilizadas através de uma prensa no local da coleta e destruídas posteriormente.

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Justiça, atualmente, circulam no Brasil 16 milhões de armas, sendo apenas dois milhões nas mãos das polícias e forças de segurança pública e 14 milhões nas mãos da sociedade. Números que atribuíram ao Brasil o título de país que mais mata com armas de fogo no mundo, segundo a ONU.