quarta-feira, 25 de maio de 2011

Criança mora a sete anos no IMIP


Marlos Denílson Barbosa

Mãe do garoto

Esta história mostra o poder de superação de uma família natural Da cidade de Jataúba, que surpreende a tantos que não têm conhecimento do caso de Marlos Denílson Barbosa, nascido em 16 de outubro de 2003 e que após oito dias de nascido, deu entrada da UTI do Hospital IMIP e até hoje está lá.
Marlos é filho do casal Josefa Iris Barbosa e José Rogério Guimaraes que tem outros dois filhos menores. Devido a constante choro do recém nascido, o pai pediu para a mãe da criança que a levasse à Unidade Mista Ana Argemira Correia em Jataúba para passar no ambulatório, e o médico de plantão no momento passou medicação para gases. Chegando em casa o pai discordou do médico e não comprou a medicação, voltando a unidade após um pequeno período, tempo em que já havia acontecido a troca do plantão, o outro médico transferiu a criança imediatamente para Caruaru, e chegando ao Regional do Agreste, foi transferido para o IMIP onde está até hoje na Unidade de Tratamento Intensivo desde que lá chegou.
Segundo informações do pai da criança, a dificuldade de respiração da qual foi acometida a criança, deve-se a negligência na hora do parto. Marlos só tem oxigênio nos pulmões para um período de 30 a 40 minutos e respira com ajuda de aparelhos, sopro no coração, tem uma alteração no crânio (Afundamento), o estômago apresenta inchaço, os pés e as mãos não são normais em termos de desenvolvimento, ele não fala apenas só agora começa balbuciar as palavras papai e mamãe. De acordo com os conhecimentos da medicina, passaram para a família que o garoto só teria condições de se manter vivo até os sete anos, tempo este já superado, mesmo sendo batizado no leito do hospital e sendo comemorados seus aniversários junto com familiares e equipe médica da unidade hospitalar que já tem uma afinidade com o protagonista desta história.