quarta-feira, 25 de maio de 2011

Corpo de Lacraia é enterrado no Rio de Janeiro

Parentes e fãs do dançarino cantaram o hit 'Eguinha pocotó'.
Ele estava internado no Hospital Gaffrée Guinle, na Tijuca.

 Morreu, por volta das 5h desta terça-feira (10), Marco Aurélio Silva da Rosa, o dançarino Lacraia, que ficou famoso por fazer carreira ao lado de MC Serginho. O funkeiro, que tinha 34 anos, estava internado no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, na Tijuca, Zona Norte do Rio, se tratando de uma doença crônica.  
O hospital não quis informar a causa da morte. O velório foi realizado na terça-feira, na capela 10 do cemitério de Inhaúma. O enterro aconteceu nesta quarta-feira, às 10h, no mesmo local.
Corpo de Lacraia foi enterrado no cemitério de Inhaúma, no Rio (Foto: Futura Press)
Corpo de Lacraia foi enterrado no cemitério de Inhaúma, no Rio

Funkeiro, conhecido pela irreverência, fez sucesso com o hit ‘Eguinha Pocotó’

A notícia foi dada pelo promoter David Brazil em seu Twitter. “Ô meu pai celestial, acabei de receber uma noticia tão triste, a animadíssima Lacraia faleceu hoje as 5 da manhã. Que Deus a tenha!”. Segundo David, foi a própria irmã da funkeira que deu a notícia. “Amados, não sei a causa, ela estava dodói, cheguei a visita-la na sexta feira, hoje cedo sua irmã me ligou dando a triste noticia.”  

A fama nos palcos 

MC Serginho chora durante o enterro. Parceria dele com o dançarino Marco Aurélio da Silva Rosa foi desfeita há dois anos (Foto: Futura Press)
MC Serginho chora durante o enterro. Parceria dele com o dançarino
Marco Aurélio da Silva Rosa foi desfeita há dois anos

Em 1999, Lacraia saiu da comunidade do Jacarezinho e, junto com MC Serginho, formou uma dupla que ficaria para sempre na memória de muitos brasileiros. Com os hits ‘Vai, Lacraia’ e ‘Eguinha Pocotó’, Lacraia, que antes se apresentava como Volpi Jones, em homenagem à performista e cantora Grace Jones, virou celebridade.MC Serginho e Lacraia fizeram muito sucesso no início da década. Juntos, participaram de muitos programas televisivos, embalados pelo hit “Equinha Pocotó”.
“O apelido veio quando vi uma lacraia do tamanho de um palmo e era igual ao Marquinhos, porque, quando ele dançava, parecia que não tinha osso”, lembrou MC Serginho.

Lacraia deixou a dupla em 2009, quando optou por seguir seu sonho: ser DJ de música eletrônica. “Ele quebrava no funk, mas, quando ouvia uma música eletrônica, brilhava como ninguém”, conta MC Serginho.