segunda-feira, 2 de maio de 2011

Comunidade internacional elogia operação que levou à morte de Bin Laden
comemoração Imagem: Mario Tama/ AFP PhotoA comunidade internacional reagiu hoje (2) à morte do líder e fundador da Al Qaeda, Osama Bin Laden, pelo governo dos Estados Unidos. Para os líderes políticos internacionais, a morte de Bin Laden não pode ser compreendida como o fim do combate ao terrorismo no mundo.  
O presidente do Parlamento Europeu, Jerzy Buzek, disse que a morte de Bin Laden representa “um passo importante” na luta contra a Al Qaeda e traduz uma melhoria da segurança internacional. “Hoje despertamos para um mundo mais seguro”, afirmou.
Buzek acrescentou que "embora a luta da comunidade internacional contra os terroristas não tenha terminado, foi dado um passo importante na luta contra a Al Qaeda que permitirá oferecer segurança a milhões de pessoas: cristãos, muçulmanos e todos aqueles que creem numa coexistência pacífica”.
O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, afirmou que Bin Laden pagou pelos seus atos. “As forças norte-americanas mataram ontem [domingo, hoje no Brasil] Osama Bin Laden e o fizeram pagar pelos seus atos, na cidade paquistanesa de Abbbottabad perto de Islamabad”, disse Karzai.
Ele se referiu à morte de Bin Laden no Paquistão como prova da luta contra os terroristas e manifestou esperança de que o fim do terrorismo esteja próximo.
Da Agência Brasil